UM ARTISTA DE QUADRINHOS PODE COPIAR OS OUTROS??

COPIAR FAZ PARTE !
Todo desenhista de quadrinhos passou pela fase de desejar criar seus próprios personagens e histórias, mesmo tendo de enfrentar um gigantesco problema: COMO SUPERAR O FATO DE NÃO SABER DESENHAR?
Chegamos então ao tema deste artigo, ou seja, para ultrapassar esta barreira, o jovem criador, busca soluções nos traços de outros quadrinhistas profissionais e mais experientes. Começamos então a caçar imagens que sirvam para resolver nossa falta de habilidade com os traços, procurando nas muitas revistas que temos, em imagens de internet etc…
Este recurso, para alguns, especialmente para os que não consideram os quadrinhos nacionais como uma expressão artística de igual valor aos quadrinhos feitos no exterior, é mais do que o suficiente para começar todo um rosário de lamúrias sobre a suposta falta de qualidade de nossas hqs, isso porém não é verdade e é um raciocínio bem tosco sobre nossas histórias e personagens. Pensamento este, que eu, vergonhosamente já compartilhei, e que por isso mesmo, hoje em dia, tendo revisto meus conceitos, busco rebater.
Eu mesmo parti para este recurso, quando percebi que gostaria de fazer minhas próprias hqs. Hoje, tenho apenas duas páginas de uma hq de Tarzan, feita por mim, por volta dos 11 anos, onde misturo desenhos meus (toscos é verdade) com os de meus mestres nos quadrinhos do homem macaco, Russ Manning e Joe Kubert!
É uma salada artística, mas resolvia.
As redes sociais facilitaram muito a nossa vida, e pra mim, ajudou muito a aprender mais sobre a arte de fazer uma hq, e sobre a indústria dos quadrinhos. Sobre a luta dos desenhistas para produzir uma hq, que mexa com o leitor, mesmo quando o artista ainda não é, e ás vezes jamais será, um verdadeiro mestre nos desenhos.
De um tempo para cá, vi várias postagens sobre artistas conceituados, e outros menos conhecidos, copiando, mas copiando mesmo, a arte de outros desenhistas, fazendo trabalhos que rodaram o mundo, foram publicados no papel e virtualmente, e mandaram ver…publicaram sim e daí?
Muitos confundem copiar, com plagiar.

13598_737689762968976_2063543401023144841_n

10406870_737690102968942_3414551495037813544_n

Nestas imagens, vemos um mestre como ALEX RAYMOND, sendo copiado por outros dois desenhistas menos inspirados, e de qualidade inferior. Não só o Raymond, como MILTON CANNIF, também foi copiado à exaustão, por vários desenhistas.

Compreendam que não estou defendendo que ninguém faça seu nome sobre o trabalho de outros, não é isso! Defendo apenas que muitos criadores, não tem a mesma técnica, ou habilidades que outros artistas e procuram resolver suas deficiências usando este recurso. E vejam bem: se ele tem habilidade para copiar, teria também para CRIAR! Ou seja, o que há é apenas, no caso dos mais honestos creio eu, uma falta de habilidade temporária, que com o passar do tempo, será solucionada, com a prática.
Não é verdade que um exercício que muitos artistas iniciantes fazem nos grandes museus e galerias do mundo é o de copiar os mestres da história da arte? Quanto mais você copia, mais exercita a mente para guardar, armazenar, as posturas, expressões, e movimentos da complexa figura humana. Quanto mais seu cérebro exercitar as mãos, copiando e copiando, mais a mente guardará isso e acabará por usar estas informações no futuro.
Infelizmente, alguns são preguiçosos demais para tentar fazer sua própria arte e se acostumam com copiar e é aqui que coloco a diferença entre copiar porque não se tem recursos técnicos para criar e copiar apenas por preguiça de criar, tornando-se então plágio da arte de outro.

10258456_737690669635552_8271400687873288637_n

10606090_737690222968930_8488577758322323521_n

10622841_737691002968852_5297234147001942062_n

1653826_737689856302300_7809990125732041162_n

10644950_737690539635565_2981728137806015895_n
Por isso, entendo que artistas reconhecidos hoje como nomes maiores das hqs mundiais, como BOB KANE, que de fato tinha um desenho primário, fizeram uso deste recurso de copiar, como é o caso da emblemática figura de Batman sobre um edifício, idêntica à imagem de Tarzan feita pelo, este sim genial, HAL FOSTER.
Kane copiou? Vendo as imagens, é muito difícil acreditar que não.

10370887_737841546287131_8574659520496825309_n

10308263_699873650072998_8156295048588485632_n

Vendo esta imagem acima, notamos que o PRÍNCIPE VALENTE, obra máxima de HAL FOSTER, tem imagens de uma perfeição fotográfica, tanto que artistas usaram estas imagens para criar telas à óleo, como a do cowboy descendo uma colina. Quem vendo a imagem do quadro, considerado um tipo de arte superior, e mais refinada, iria supor que havia sido baseada na arte de um “simples desenhista de quadrinhos”??

HAL FOSTER VS FRANK FRAZETTA

Aqui um exemplo de dois grandes mestres dos quadrinhos, HAL FOSTER fez esta arte em preto e branco para a primeira edição de TARZAN, anos depois “inspiraria” esta outra arte de FRANK FRAZETTA. Teria Frazetta copiado o Tarzan, ou a imagem teria apenas inspirado o artista? Mesmo sendo cópia, o que não é claro, alguém desacredita um Frazetta? Não teria sido uma homenagem ao mestre Foster?
Vejamos agora, Hal Foster e Sy Barry:

10170776_561072134012578_3675209548745808695_n
A arte de Hal Foster neste exemplo acima, mostra que copiar faz mesmo parte de criar hqs, pois a cena de Valente, lutando no convés de um navio é perfeita para mostrar as aventuras de outro grande herói, o FANTASMA, aqui no traço de SY BARRY, e que não se fez de rogado ao basear a sua cena, na de Hal, mais de uma vez diga-se de passagem. Sy Barry plagiou? Ou mesmo tendo recursos técnicos, preferiu homenagear uma cena que ele achava perfeita?

Por que torcer o nariz ao que desenhistas nacionais fizeram no passado, e talvez até façam hoje, quando isso é um recurso usado por muitos no exterior? Vemos muito disso, nos quadrinhos independentes, onde artistas sem formação superior em artes, mas com inclinação para o desenho, buscam contar suas histórias, e precisam de orientações, que buscam exatamente nos “manuais” que estão à mão, ou seja, suas coleções de quadrinhos!

10468349_737691079635511_7053289482361630482_n

10593148_737690602968892_2027212316421486260_n

Acima e abaixo vemos muitas imagens de ALEX RAYMOND, copiadas para hqs do GAVIÃO NEGRO. Eu já vi várias imagens, nos livros de Monteiro Lobato, onde ANDRÉ LEBLANC, copiou Alex Raymond, do mesmo modo como mostrado aqui, para fazer Os Doze Trabalhos de Hércules com a turma do Sítio do Pica Pau Amarelo, baseado nos desenhos para Flash Gordon, tenho estes livros até hoje.

10600615_737688262969126_6343088143324007103_n

10659269_737689982968954_4427610401884746614_n

524873_107851142720284_1596361537_n

A página acima, é de uma edição de RAIO NEGRO, de Gedeone Malagola, não sei se o desenhista foi Gedeone, mas eu tive uma edição ALMANAQUE BATMAN, se não me engano de 1972, onde uma hq de apresentação de BATGIRL, com a arte de CARMINE INFANTINO, e pelo menos dois quadrinhos desta página são copiados da arte dele, BATMAN e ROBIN enfrentam o Mariposa Matadora, e seus asseclas, o terceiro quadrinho e o último, são cópias.
Isso desacredita nosso artista? Para mim, de modo algum isso acontece.

10659247_10203317521351207_5193419623999547022_n

Acima temos uma página do FLAMA, criação máxima de DEODATO TAUMATURGO BORGES, artista e radialista que criou não só o personagem mas seu programa de rádio, e nesta imagem, infelizmente cortada pela metade, o FLAMA dispara sua arma, (no alto) é uma imagem tirada das aventuras de Flash Gordon, álbum que tenho, e se não me engano, o herói americano atira em um dragão.

10398023_914009525294678_7941032199978664045_n

Aqui acima temos mais um exemplo de que muitas vezes, artistas precisam fazer uso de imagens de outros para solucionar suas necessidades, e assim contar suas hqs, é o caso desta salvamento feito pelo FLAMA, onde o desenho original é de ALEX RAYMOND e seu Flash Gordon.
Assim, é mais do que comum e esperado que artistas nacionais tenham seus momentos de “inspiração” em grandes artistas mundiais, estas imagens de GEDEONE MALAGOLA, e de DEODATO BORGES, pai de Mike Deodato, que para criar suas hqs, hoje icônicas, do RAIO NEGRO e do FLAMA, se basearam nos desenhos de CARMINE INFANTINO e ALEX RAYMOND, estes e outros heróis da história dos quadrinhos nacionais, mesclaram desenhos seus, com os copiados de outros, de modo que para terminar, afirmo e pergunto: EU JÁ COPIEI E APRENDI ASSIM, E DAÍ????

Anúncios

Sobre bragacamara

Sou um cara fissurado por quadrinhos bem feitos, livros, séries de tv, filmes e cinema. O tema que prefiro normalmente são as aventuras, sejam elas no espaço, fundo do mar, nas cidades, selvas, desertos, enfim, aventuras e superheróis são minha predileção.

Publicado em novembro 14, 2014, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Copiar faz parte!! Muito bacana o texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: